INTEGRA

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Newsletter

NOTÍCIAS

Reunião trata da redução de gastos e qualidade dos serviços

Reduzir gastos e manter a qualidade dos serviços que chegam à população. É com esse foco que a administração do Tribunal de Justiça de Mato Grosso tem trabalhado para a melhoria da eficiência operacional e da prestação dos atendimentos. Nesse sentido, a Coordenadoria Administrativa do TJMT realizou na manhã desta segunda-feira (11 de fevereiro) uma reunião de alinhamento com todos os servidores que integram os departamentos do setor. Foram discutidas as ações voltadas para os projetos do setor, inclusas no Plano de 100 dias da atual gestão e também do Plano de Gestão 2019-2020.   A gestão de serviços terceirizados, gestão de serviço documental e de arquivo e o serviço de regularização de patrimônio mobiliário são os três projetos da Coordenadoria Administrativa que, de acordo com a líder da área, Marluce Assis Peixoto, vai refletir diretamente na prestação de serviços ao cidadão, tanto da Capital quanto do interior.   “Quando a gente melhora a gestão de serviços, entregamos mais rápido o que um juiz precisa para proferir uma sentença. Quando regularizamos todo nosso patrimônio mobiliário, a gente dá condição de infraestrutura àqueles que estão no interior, tanto para trabalhar quanto para serem atendidos e a gestão arquivística e documental se trata da virtualização, aplicar a tabela de temporariade, enxugar, para trabalharmos efetivamente para atendermos os anseios da área fim para prestação jurisdicional”, explicou.   A coordenadora disse que o projeto de gestão de serviços terceirizados já faz parte das ações da área e os outros dois terão início nesta administração, que são o serviço de regularização de patrimônio imobiliário e de gestão documental e arquivística, sendo que este último ainda me fase de estudo.   Presente na reunião, o juiz auxiliar da presidência do TJMT, Tulio Duailibi ressaltou que esse alinhamento com todos os departamentos vinculados à Coordenadoria Administrativa tem o objetivo de promover uma racionalização e padronização do processo de aquisição, com consequente redução de custo, visando sempre a melhor compra para o Poder Judiciário.   “A partir do momento que a gente estabelece essas conversas, alinha as ações da Presidência e a expectativa da Administração, a consequência é que o cidadão lá na ponta, que é o nosso cliente número um, possa sentir-se seguro quanto a toda estrutura do Poder Judiciário posta a sua disposição”.   Servidoras da Coordenadoria de Planejamento do Tribunal de Justiça (Coplan) fizeram explanações sobre o cenário da gestão da Justiça estadual quanto ao alinhamento estratégico, inclusive em conjunto com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Gerenciamento Matricial de Despesas (GMD), Sustentabilidade, que impactam diretamente nas melhorias dos processos de trabalho, de acordo com o estabelecimento do cumprimento das metas estipuladas.   Integram a Coordenadoria Administrativa do departamentos Administrativo, de Material e de Patrimônio, Gráfico e de Protocolo      
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia

Contate-nos

Rua dos Andradas  , 1560  , 16º andar
-  Centro
 -  Porto Alegre / RS
-  CEP: 90020-010
4003 84030800 880 8403
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.